#18M traz paralisações e barulhaço pela saúde pública

O 18 de março é dia de luta em todo o Brasil. O surto do novo coronavírus forçou o cancelamento das ações de rua, mas não impediu a greve e a reivindicação por serviços públicos, emprego, direitos e democracia. Para a noite, está marcado barulhaço em defesa da saúde pública, contra a irresponsabilidade do governo Bolsonaro/Guedes em plena crise. A luta também se faz através das redes sociais, usando as palavras #18M, #GrevePorEducaçãoESaúde e #DefendaoSUS.

O PT propõe forte investimento no SUS, assim como garantia de estabilidade no emprego e manutenção dos salários por um ano. O Núcleo do PT Lisboa participa solidariamente à greve e à defesa do SUS, num momento em que se exigem medidas imediatas para investir na saúde pública e enfrentar a crise econômica.

Leia o texto de Roberto Leão, vice-presidente da Internacional da Educação e secretário de Relações Internacionais da CUT, sobre a conjuntura e as pautas do #18M.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s